Home

Conhecer o próprio corpo é um desafio para as mulheres. Estamos sempre tentando entender, explicar ou dar algum sentido para nossas metamorfoses: esse corpo cheio de altos e baixos, inundado de hormônios, desejos, aflições, “ando chorona, doutor”, “é a progesterona”, “hummmm, quem diria, progesterona?” Aprendemos a reconhecer ciclos, a antecipar e a driblar os padrões. E dá-lhe prímula contra a TPM, shiatsu para dor de cabeça no meio do ciclo, ponstan para cólica…

Mais do que tudo, no entanto, esse conhecer o próprio corpo é um conhecer-se, feito de explorar nuances e de mergulhar em mistérios, de conhecimento e de informação.

No dia 14 de novembro, o Femme, Laboratório da Mulher, clínica de diagnósticos em São Paulo, especializada no atendimento do público feminino, vai reunir professores, médicos e especialistas de várias áreas para falar exatamente de Saúde da Mulher. O encontro vai ser no MAM, dentro do Parque do Ibirapuera, é grátis e dura o dia inteiro. São palestras e debates sobre todos aqueles temas que nos tiram o sono, como TPM, gravidez, libido, prevenção do câncer e, pensando mais nas Fifties, saúde e sexualidade na 3a. idade.

Aliás, o Fifties aproveitou a chance do evento e foi perguntar para o dr. Rogério Ramires, diretor do Femme e especialista em Patologia do Trato Genital Inferior pela Sociedade Brasileira de Medicina, se existiria algum coquetel de “bem-estar”, aquela receitinha mágica que deveríamos incluir logo no café da manhã e que nos ajudaria a viver uma menopausa feliz.

Para o doutor Ramires, “é a possibilidade de repor os hormônios que vamos perdendo com a menopausa que representa uma verdadeira revolução”. Ou seja, viva a reposição hormonal. Achou fácil? Pois é, mas nem só de equilíbrios químicos se faz a tal longevidade feliz.  “Os principais alicerces da qualidade de vida são a boa alimentação, a prática de exercícios físicos regularmente, o lazer, o sono e o gerenciamento do stress. Esses bons hábitos é que vão levar a pessoa a ter saúde, muito mais que qualquer medicação”, ensina o doutor Ramires. Notou a palavra “hábito”? Deu para sentir o peso disso que ele chamou de “gerenciamento do stress”?

Por essas e por outras tantas, organize-se para no dia 14, se estiver em São Paulo, ir até o MAM assistir às palestras e participar dos debates. Ah, e aquele meu amigo, dr. Roberto Cardoso, professor da Faculdade de Obstetrícia da UNIFESP, que desenvolveu um projeto incrível de meditação com gestantes, vai estar lá para dar uma aula sobre o assunto.

Veja a programação no quadro aí embaixo e cadastre-se para participar clicando neste link

Campanha Saúde da Mulher 2009

Campanha Saúde da Mulher 2009

Anúncios

5 pensamentos em “Palestras sobre Saúde da Mulher

  1. Pingback: Tweets that mention Fifties - Palestras sobre Saúde da Mulher -- Topsy.com

  2. Pingback: Com os pés na cabeça | Fifties

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s