Home

5425519839_e3932002be_z

Não estranhe se, em vez de um medicamento, seu médico lhe receitar na próxima consulta… música! A notícia de pesquisas sobre esse tema vem do Instituto do Cérebro de Brasília, que reuniu alguns trabalhos sobre o assunto. Os efeitos sobre o sistema nervoso ficaram provados em experiências junto a pacientes em UTI. Escutar boa música pode modular os circuitos da dor e reduzir a ansiedade.

A tese é reforçada por um trabalho publicado na revista inglesa Brain. Nesse caso, o que se constatou é que a música pode colaborar na reabilitação de pacientes com derrame cerebral, estimulando a recuperação da memória e da atenção.

O instituto menciona ainda outros estudos que relatam o benefício em portadores de doenças cardiovasculares, reduzindo  a pressão arterial e a frequência cardíaca e respiratória.

O mecanismo que explica esses resultados é a ativação pela música de centros cerebrais que modulam o sistema nervoso autônomo, promovendo uma redução da descarga de adrenalina e hormônios do estresse.

Inclua no seu dia a dia uma dose diária farta desse “remédio”, tomado a gosto, no seu ritmo preferido, sem contraindicação. É claro que você não está dispensado do receituário tradicional de autoria do seu médico. Faça a parceria entre um bom som e o melhor que a medicina pode oferecer. Questão de bom senso.

Leia mais

Ginástica mental

A comida e a música

Cabeça vazia, oficina do Diabo!

Uma estrela dançarina

50, pouco antes, pouco depois

Anúncios

2 pensamentos em “Música, muito prazer e mais saúde

  1. Pingback: Esses jovens que a gente ama | Fifties

  2. Pingback: Esses jovens que a gente ama - Fifties+

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s