Home

http://www.flickr.com/photos/xtream_i/

Você é daqueles que acha que a música do seu filho” é barulho? Veja nossa playlist de jovens que fazem música para nossos ouvidos amarem. Foto: http://www.flickr.com/photos/xtream_i/ Sob licença do Commons do Flickr

Se você já se pegou alguma vez falando (ou resmungando para você mesmo) “não suporto essa música do meu filho, é só barulho!”, talvez esteja na hora de dar um fastfoward na sua trilha sonora. Não só porque essa coisa de música “de hoje” é invencionice mal-humorada.

Nosso tempo é sempre o presente, como diria qualquer poeta. Mas, sobretudo, porque tem tantos jovens por aí fazendo sons para nossos ouvidos cinquentenários (ou mais) ouvirem e…gostarem! Algumas, é claro, evocam memórias.

Por exemplo, adoro Aretha Franklin, mas quando um jovem amigo sugeriu Hold On da banda americana, Alabama Shake, fiquei pensando que talvez as vozes sejam seres que vivem independentes das cordas vocais nas quais apenas encarnam de vez em quando, só para nos maravilhar. Ouça Brittany Howard, a vocalista da banda, e duvido que você, só ouvindo, adivinhe quão jovem ela é! Soul velho, de alma velha, feito por garotos do sul dos EUA!!!

Esperanza Spalding é outra encarnada, a voz macia me lembra Ella Fitzgerald, mas irresistivelmente contemporânea. Com um cabelão e o sorriso afinado, sempre acho que ouço lá no fundo das músicas que Esperanza canta (e toca) um eco de bossa nova, mas não se impressione, apenas mergulhe. Ah, Esperanza, além de tocar vários instrumentos, também é compositora! Menina prodígio, dizem, aliás!

Os Fleet Foxes foram indicação da minha filha. São mansinhos e parecem um pouco Bob Dylan, talvez não o próprio, mas aquela imagem melódica que a gente tem do cara com um violão andando pela estrada e fazendo músicas de road movie…

Michael Kiwanuka é um músico inglês, filho de pais de Uganda. Ganhei de presente da uma outra jovem amiga, a Lígia. Preste atenção nessa Born Again e delicie-se…não vai evocar nada, é puro som recém-nascido!

E por aqui também ando me apaixonando…a Céu, por exemplo, já ouviu? Então aperte o play…

Ouvidos são maleáveis, conseguem gostar sem entender. E, de quebra, você prepara a alma para, na próxima vez que estiver no carro com seu filho, em vez de se aborrecer, compartilhar. Tem sugestões para aumentar nossa playlist? Mande para nós…

Leia também

Música, muito prazer e mais saúde

A arte de fazer novos amigos

O rabino e o ninho vazio

Onde se encontram as mulheres?

Em busca da ostra perfeita

Anúncios

Um pensamento em “Esses jovens que a gente ama

  1. Pingback: Você é um Envelhescente? | Fifties

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s