Home

Enquanto a gente bate palmas para FLORES RARAS, Glória nos prepara mais uma surpresa. A atriz vai viver no cinema outra mulher forte e lutadora na pele da psiquiatra Nise da Silveira. A trajetória da médica, que virou referência no tratamento da esquizofrenia no Brasil, merece ser contada assim como merece um bis aqui no nosso blog — já trouxemos um sábio dizer assinada por ela, dias atrás. O filme NISE DA SILVEIRA, A SENHORA DAS IMAGENS já está em fase final de produção e deve chegar ser lançado em 2014. para celebrar a força transformadora dessa alagoana franzina e birrenta, capaz de um carinho extremo e, ao mesmo tempo, de uma ousadia rara de se ver no Brasil dos anos 1940.

Em 1942, ela chega ao Rio de Janeiro para trabalhar no Pedro II,  hospital psiquiátrico nos subúrbios da cidade. Designada para cuidar da área de terapia ocupacional do centro psiquiátrico, cria oficinas de jardinagem, bordado, dança, teatro e o ateliê de modelagem, desenho e pintura. Dá aos pacientes a oportunidade de se expressar através da arte. As oficinas se tornam ferramentas terapêuticas eficientes, promovendo melhoras significativas na vida dos internos. É como se fossem portas a se abrir, devolvendo dignidade aos internos, abandonados por suas famílias e desenganados pelos médicos.

Pela leitura que fazia da obra dos internos, Nise decifrava o inconsciente de seus “clientes”, como os chamava. Por meio dessas imagens que vinham do inconsciente ela podia interpretar sentimentos reprimidos, que os doentes não tinham capacidade de externar. O tratamento trouxe, em muitos casos, mais tranquilidade a essas mentes desordenadas pela doença.

O diretor Roberto Berlinder, que começou a investir nessa produção há quase dez anos, se orgulha de contar a história dessa mulher, que teve de lutar contra tudo e contra todos para mudar o jeito como se trata da esquizofrenia.  NISE DA SILVEIRA, A SENHORA DAS IMAGENS foi filmado no próprio no Hospital Pedro II, e integra alguns dos internos no elenco.

Leia mais:

Glória (Pires) nas alturas

Cenas de Bastidor

Aos 91, Bibi Ferreira volta aos palcos

Velhice com encanto

Essas mulheres barulhentas…

Anúncios

3 pensamentos em “Glória ao quadrado

  1. Pingback: Loira ou morena? | Fifties

  2. Pingback: Os 50 filmes que você precisa assistir | Fifties

  3. Pingback: Loira ou morena? - Fifties+

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s